Dicas de cuidados que você deve ter com seu mini porco.

Os porcos, que eram sinônimo de sujeira, bagunça e imundície, atualmente, estão conquistando um lugar diferente na casa dos humanos. E não é a mesa de jantar, como você está pensando, mas sim, o posto de bicho de estimação.

Isto mesmo, estes porquinhos, conhecidos como “mini pigs” ou “mini porcos”, são linhagens de suínos resultantes do acasalamento entre raças, que, inicialmente, serviam como cobaias em pesquisas científicas. Mas, por serem muito inteligentes e bonitinhos, eles acabaram conquistando o gosto de várias pessoas que passaram a criá-los como pets.

Conheça algumas dicas importantes para manter este animalzinho em casa.

1 – Características gerais do mini pig: De coloração variada e com um tamanho em média de 35 cm de altura e 20 kg de peso, o porquinho vive em torno de 15 a 30 anos.

Animal muito inteligente e afetuoso, pode custar em torno de R$ 850,00 a R$ 2.000,00.

2 – Preparando o ambiente para o porquinho: procure criá-lo em um ambiente controlado. Delimite a área onde seu porquinho irá ficar, e bloqueie ambientes onde ele não poderá transitar.

Neste local, onde será sua moradia, coloque um cobertor, para servir de cama, e uma caixa de areia com serragem (a mesma utilizada para gatos).

Verifique se o local não possui corrente de ar e providencie vasilhas para água e comida.

Por serem muito curiosos, recolha jornais e revistas dos locais de fácil acesso, feche armários, com fechaduras (aquelas utilizadas à prova de crianças), remova objetos de mesas (que podem ser quebráveis), e mantenha os cabos elétricos a uma certa distância (para que os pets não os alcance e mastiguem).

Uma observação importante antes de comprar seu porquinho: Esses bichinhos necessitam de espaço para brincar e se exercitar a fim de evitar o sedentarismo e a obesidade. Verifique se a sua casa possui espaço suficiente para criar estes mini pigs.

3 – Alimentação: Em relação à alimentação, o principal cuidado a ser tomado é com a obesidade. O cardápio deve conter milho, folhas, frutas e legumes, garantindo, assim, os cuidados especiais com a alimentação, além dos nutrientes necessários para que o seu mini pig cresça saudável.

Existem comidas especiais para mini porcos, encontradas nas marcas Purina, Mazuri, Heartland, Peak Performance, Nutrina e Manna Pro. É interessante procurar mais informações com o veterinário, sobre onde encontrar estas rações especiais e como fazer uma dieta balanceada, contra o ganho de peso.

Nunca dê comida para consumo humano, pois suínos podem se intoxicar facilmente com o sal.

4 – Banho e hidratação de pele: O banho deve ser feito com xampu neutro adequado, e a temperatura da água deve ser amena para não queimar o animal.

Para evitar o ressecamento da pele do mini porco, um hidratante deve ser passado em dias frios. Já em dias de exposição ao sol, deve-se passar o protetor solar.

5 – Vacinação: Eles devem ser vacinados contra Leptospirose e Erisipela. Além disso, a vermifugação é importante. Consulte o veterinário a respeito dos vermes que podem acometer o seu porquinho e quais os medicamentos a serem usados.

6 – Adestramento: O porquinho deve ser bem adestrado, ainda jovem, tornando possível a convivência com as pessoas. Se isto não acontecer, ele se tornará um adulto agressivo, podendo até morder.

Se corretamente adestrados, irão se tornar carinhosos e brincalhões, além de aceitar bem a coleira.

Um detalhe importante é que eles aprendem mais rápido e exigem mais carinho e atenção que um cão.

Importante!

Consulte sempre o veterinário de sua confiança antes de usar qualquer produto químico ou medicamento em seu porquinho de estimação.

 

Fonte: cpt.com.br

Compartilhar com seus amigos:

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
VK
Email
Print

Sedes

Bahia:
71 3391-1348

Sergipe:
79 3214-0368

Pernambuco:
81 3471-5342

Contato

0800 941 12 90

sac@amoedodistribuidora.com.br

Copyright | Todos os direitos reservados | 2019

Não vendemos para Pessoa Física