Como preparar o pet para a chegada do bebê

Um novo membro da família está a caminho e uma dúvida fica no ar: como preparar o pet para a chegada do bebê?

É muito natural que o bebê passe a receber todas as atenções que até então eram exclusivas para o seu pet, não é mesmo? Mudanças acontecerão na família e, consequentemente, com o seu amigo peludo, por isso, uma ótima dica é começar a prepará-lo antes que o bebê nasça, afinal, a presença do recém-nascido modificará horários, atenção, carinhos, cuidados, limitação de espaço, entre outras situações do cotidiano.

Os cãezinhos, para estarem equilibrados e seguros, precisam ter uma rotina em sua vida. Mudanças em seu dia a dia acarretam em estresse e em alterações em seu comportamento, despertando, inclusive, insegurança e o medo de serem expulsos do grupo onde estão inseridos para sobreviverem.

Por isso, quanto mais cedo começarmos a inseri-lo na nova rotina, melhor adaptação ele terá e mais fácil será a convivência com o bebê. Procure pensar quais serão as principais mudanças em sua rotina e comece, gradativamente, a introduzi-las na vida do seu cão.

Ele não poderá entrar no quarto do bebê? Faça essa mudança algum tempo antes de ele chegar, para que ele não relacione a presença do bebê com a limitação. O local onde o cão come e dorme, a quantidade de carinho e atenção, os horários que ele passeia, enfim, mapeie as alterações e comece mudar a vida do cãozinho. Mas, não faça todas as mudanças de uma vez. Vá alterando, pouco a pouco, para que ele tenha tempo de assimilar e se adaptar.

Quanto mais o seu pet tiver a certeza de que ele continuará sendo amado e que sua posição no grupo não está ameaçada, mais fácil e tranquila será a adaptação para todos da família.

Quando o bebê chegar

Como os animais aprendem por associação, o ideal é recompensar o seu pet com carinhos, atenção e petiscos quando ele estiver perto do seu bebê. Outra dica é colocar embaixo do pote de ração ou na caminha do cãozinho uma pecinha de roupa do seu bebê, para que ele possa sentir o cheirinho e se familiarizar mais rápido com o novo membro familiar.

Muitas pessoas acabam esperando o bebê dormir para dar atenção e carinho para seu animal. Tome cuidado, pois, assim, ele aprenderá o oposto, ou seja, que só terá a atenção dos seus proprietários quando o bebê não estiver perto, ok?

Outra dica é não dar bronca no seu cãozinho quando ele tentar se aproximar do bebê, principalmente, se ele for dócil, afinal, ele tem a curiosidade de conhecê-lo e nada melhor do que a aproximação supervisionada para que a adaptação seja tranquila.

Precisamos tomar cuidado para que a chegada do bebê não seja associada pelo cão com a perda de atenção e falta de carinho, para que ele não crie motivo para não gostar da criança.

Acredito que, com essas sugestões, a chegada do bebê ficará mais tranquila e harmoniosa. Os dois, aliás, poderão ser grandes companheiros.

Boa sorte e que a família conviva, sempre, com muita alegria!

 

Fonte: Caocidadao.com.br

Compartilhar com seus amigos:

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
VK
Email
Print

Sedes

Bahia:
71 3391-1348

Sergipe:
79 3214-0368

Pernambuco:
81 3471-5342

Contato

0800 941 12 90

sac@amoedodistribuidora.com.br

Copyright | Todos os direitos reservados | 2019

Não vendemos para Pessoa Física